MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Deslocamento

A noticia abaixo, apesar  de comum, me choca, me deprime. Mas também fico chocada pelo deslocamento dos sentimentos de raiva por parte  da população, da família. Frente a um fato terrível como esse, a família "culpa a demora do atendimento medico" pela morte da criança e certamente encontrarão uma pessoa  a ser responsabilizada, ou culpabilizada por essa demora. Um  médico.  Não o governo. Não a instituição hospitalar. E sequer tentam atribuir a culpa aos atiradores, que dispararam os tiros. Nem à policia, que raramente prende esses criminosos. Quem sabe, algum membro desse grupo-alvo que teria feito algo para atrair sobre si tal violência poderia ser pensado como culpado. Num extremo, Deus seria o culpado, porque não protegeu uma inocente criança que estava em um culto Lhe rendendo homenagem, devoção. Nem ao menos compartilhar essa culpa entre tantos, mas a culpa é da demora do atendimento.

http://www.jornalfolhadebuzios.com.br/?p=6718

4 comentários:

myra disse...

situacoes trsites....
beijosssssssssssssssssssss

O meu pensamento viaja disse...

Obrigada, muito obrigada pelo seu comentário.
Li o seu post e conferi a horrível notícia publicada no jornal, espelho de uma sociedade doente. Que pena! Um país maravilhoso como o seu ... Não quer dizer que aqui não ocorram episódios de violência, porém, suponho que em escala incomparavelmente menor!
Um grande abraço e votos de uma semana tranquila!

Cadinho RoCo disse...

Estamos num Brasil por demais perdido.
Cadinho RoCo

Rubinho Osório disse...

E o pior é que está bem estabelecido que num evento como esse, há múltiplas causas e que mais importante do que "achar o culpado" é entender como isso aconteceu e traçar as estratégias que possam evitar que uma tragédia como essa se repita. Análise que perpassa todos os níveis. Isso é feito na aviação, por ex, quando acontece um acidente. Mas ainda não adotamos na vida diária. E a mídia, sempre voraz, quer crucificar um culpado qualquer só para vender mais.

Seguidores