MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Aprendizagem

Atravessei montes e vales. São dois meses de blog. Equivalendo a tanto que aprendi, que nem tem conta. O horizonte ficou mais claro, vejo mais luz, abriram-se portas e janelas,aumentaram as possibilidades. Por isso, mudo tambem a foto. Passo para uma mais recente,do outro lado do vale, a outra vertente da outra montanha,aquela ao fundo desta imagem, mas ainda na mesma serra. Tenho muito que caminhar. O céu deixa de ser cinzento. As nuvens começam a dissipar-se. Dos cirros até a imensidão do azul. E que felizmente devem retornar, num intante do que chamamos futuro. Pois este ir e vir é que nos demonstra Vida. Descubro que não posso rejeitar metáforas, pois elas estão aí, vivas tambem, e não só na lingua falada ou escrita, mas principalmente nas outras formas de linguagem.


A grande importancia deste processo para mim é que de "infoanalfabeta", dando um grande passo, um salto, passei a reconhecer linguagem e dialetos específicos, e, se não dominei, pelo menos bàsicamente aprendi a utilizar estas ferramentas contemporâneas, as quais por não saber usar, tal qual a raposa das fábulas, eu desdenhava. E esta foi a terceira e principal vitória, pois este passo me colocou diante de um espelho e favoreceu a identificação de condições pessoais em que são necessarios um preciso e intenso trabalho para evoluir. Porque penso na possibilidade de um fim transcendente, ou pelo menos creio que a hipótese de um mero acaso com aniquilição da consciencia é totalmente absurdo ou seriam absurdas todas as existencias. Agradeço a todos que participaram desta história, e em particular ao sr "Fart", que foi o primeiro visitante a apor comentário e provàvelmente o primeiro visitante da fato. Nem sei como chegou aqui.
Isto não é despedida, pois que há ainda muito a aprender, tanto no aspecto material e formal, como no moral, só estarei menos presente pois é mister a retomada de outros caminhos que foram negligenciados em função do que temporàriamente era uma necessidade maior. Este texto é uma comemoração. PARABENS para mim por ter obtido o que julgava impossível. E daqui em diante com mais humildade, irei procurar ajuda dos que sabem utilizar recursos que não consegui atingir. Mas dadas as minhas necessidades, são, por enquanto quase que supérfluos e voces que me conhecem a mais tempo sabem o que penso de supérfluos: são...supérfluos, até que me seja provado o contrario. Um grande abraço a todos que compartilharam desta trajetória.
NAMASTE

4 comentários:

Olivia disse...

Dona Urtigão
Merecidos parabéns, pelo passo, pelo salto, pela vitória. Mas o "participaram", o "partilharam", levam-me a crer que este texto é realmente uma despedida, apesar da negação.Sinto muito.Mais uma janela que se fecha, uma possibilidade a menos de compartilhar experiências.
um abraço
Olivia

Dona Sra. Urtigão disse...

"Olivia",
compartilhar remete a "partilhar com" e neste seu caso especifico não ha o "co", já que não se tem acesso a voce, mas pretendo continuar sim, só que necessito reduzir o tempo fisico junto á máquina e retomar outras atividades que dependem em parte deste processo de aprendizado. E voce sempre sera benvindo a este espaço, tomar ciencia de por onde vão minhas divagações e contradições e agradeço desde já qualquer comentário que acarrete expansão das possibilidades.
Um abraço
PS: sinal significativo de que pretendo continuar: troca da foto com uma mais "leve", que descortina um vale, outras montanhas ao longe, para serem alcançadas...

Olivia disse...

Cara Urtigão

Começando pelo fim: A beleza dessa segunda foto, para mim, está justamente no fato de ser uma segunda na seqüencia,é essa sensação de descida da montanha,vista por quem já esteve lá no alto.Perfeita!
Quanto ao com-partilhar, discordo um pouquinho, fico até meio envergonhada dos meus palpites, mas os dou.Você se acha ignorante em matéria de blogagem , não imagina o tamanho do meu desconhecimento...Faz pouco tempo que aprendi a passear, menos ainda a meter o bedelho nos sítios alheios!
De qualquer modo, fico feliz em saber que a caminhada continua.Aguardarei com toda a paciência pelas próximas discussões dessa turma da pesada, você, Mr. Fart, Marcelo.
um grande abraço
Olivia. Sem aspas...

ROSÁLIA LERNER disse...

Parabéns U.
Eu vou voltando de vez em quando por aqui, pois acho que você não deixará totalmente este canal fechado.
Espero.
Abraço da Rosália

Seguidores