MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Do Perdão e do Amor

Faz parte de qualquer tradição religiosa ou de desenvolvimento espiritual/pessoal a questão do perdão. Num dos textos mais conhecidos e belos da espiritualidade, a Oração de São Francisco de Assis, o perdão é elevado à categoria essencial para a vida eterna. Bem como em outros pensadores não cristãos como Krishnamurti, Sai Baba. E a questão do Amor ao próximo...como a ti mesmo. Como é possivel o perdão incondicionado se esta situação irá expor o agente a novas situações de agressão... e "perdoa sete vezes setenta..." mas será isto justo com o amor de mim ? e quando este perdão expoe a perdas, pessoas a quem voce deve, de alguma forma, alguma coisa...responsabilidade? "Perdoa mas fica longe"?
A incompatibilidade ou contradição entre o amor-de-si e o amor ao outro; como desdobrar em cada uma dessas circunstancias, particulares que permitam ao final, excluidas as falácias, uma sintese entre possibilidades, para que Amor se torne uma unica coisa,Universal, e então esteja implícito o perdão incondicionado.Mas que traga salvaguardas ...
Uma situação desta, onde a pessoa necessite de salvaguardas é equivalente a um ato de guerra...
Ahimsa
Resistencia pacífica é resistencia e muitas vezes não tão pacifica para aquele que resiste. Muitas vezes é idêntico a um suicidio ou pior, quando no caso do líder de um movimento assim, instigar ao suicidio, uma forma de homicidio.
Estou em aporia. Necessario rever passo a passo minhas duvidas para tentar um novo movimento. E as vezes falta , de alguma forma um debatedor, alguem que aponte aquilo que esta debaixo do nariz e que nos escapa. Ou, melhor ainda, um
Mestre.

6 comentários:

Redneck disse...

Cara, creio que estamos na busca constante de salvaguardas e que isso nos limita (a mim, ao menos) em experimentar o risco de, apenas, viver. Quanto ao perdão, não atingi qualquer nível que fosse de alteridade para perdoar. Simplesmente não consegui e, confesso, tampouco quis. Como você, tudo o que queria, por vezes, era apenas um Mestre/linha mestra. Por enquanto, me contento em andar em corda bamba. Beijo!

Dona Sra. Urtigão disse...

Redneck,
apenas viver...não consigo imaginar isso, pela dificuldade que encontro no encontro com as personalidades circundantes; a interferência é, quase sempre, determinante do viver. Dai as salvaguardas...
Quanto ao Mestre, tenho duvidas, na verdade, se caso surja, eu aceitaria abdicar de mim para segui-lo; por isso não o encontro, pois não sou capaz de ve-lo ou aceita-lo quando surge. Envolve subordinação, creio, e minha rebeldia ainda não permite. Talvez por isso "apanhe" tanto.
A corda bamba... perfeita metáfora para a vida

Danitza disse...

Dois pontos:

O perdão.

Ontem mesmo fui colocada defronte a esta possibilidade... Rever e perdoar. E você foi exatamente no cerne da questão - o amor. Basta saber o que prevalece.

O debatedor.

Para mim a falta dele deixa-me atônita, neste caso nem sei se somente uma confusão de idéias ou a falta delas.

Grande abraço Dona Sra.

Dona Sra. Urtigão disse...

Danitza,
grata pelas suas considerações e continuo pensando a respeito

Anônimo disse...

Oi!

Quando ao perdão como amor ao próximo em conflito com o amor a si: penso que o perdão pleno transformaria qualquer ressentimento, resistência, ou necessidade de salvaguarda. A ponto de não precisar mesmo se recolher. O amor tudo transforma, é a experiência dos místicos! Mas até chegarmos lá, temos que achar um meio termo. Perdoar, e manter distância por um tempo, até ser capaz de transformar qualquer resistência, e mesmo através desta irradiação transformar a própria atitude daquele a quem estamos perdoando. Este é o exemplo dos Mestres!
Bjs, KK.

Dona Sra. Urtigão disse...

KK
pois é, esta questão para mim continua sem resposta e ficar em cima do muro não é solução; fico achando que falta algum dado para a solução desta equação, o enunciado está incompleto...

Seguidores