MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

UM

E assim começa uma nova historia. Que não é nova, mas apenas recomeços,  e de renovada  só contem alguns elementos, cópias ativas, ou quem sabe desbotadas,  de outros entes. Mas o que existe de novo sobre a Terra ?  Se todo pensamento já foi pensado, se toda palavra e seus conjuntos já estão escritos ?  A novidade consiste em encontrarmos a coincidência dos fatos e relatos. Mas se também estas, já nem mais são co-incidentes, mas metáforas  vivas de realidades inexistentes, sonhadas, imaginadas e até cogitadas ?
Relato então  como únicas, porque são unicamente minhas  acontecências  e repetecências que me assolam os pensamentos, as angustias, o querer saber o que está acima de minhas possibilidades, ou porque apenas, na verdade,  não são nada alem de jogos daquele que se autointitula Criador Senhor de respeito e subserviência  e que por suas regras, impostas pelo medo que determina adoração, é certamente também o criador de todo o Mal. Depende apenas do modo de olhar. Mas que covardemente, diz que deu ao seu criado criatura um tal dom de liberdade  e este sim o pequenino, usa este dom e produz o mal. Como se possível fosse quem nada sabe criar algo tão grandioso como a maldade sobre a Terra. Então surgem explicações, justificativas, mas nada que diz do quanto somos capazes  e o tal, o grande e superior  esconde-se por trás de seus semelhantes assim criados e atribui a tais dissidentes aquilo que de si emana..Como se fôssemos capazes de co-criar o mal . E  o bem tratando-se apenas da submissão, mas não nossa criação.
   Revolta luciferina, a luz em  seu nome ou então, quem sabe, condenação eterna a este jogo em rodas que se promove reencarnando para aprender nem se sabe o  que, o tal bem viver, que por não  saber, nem sei se vou gostar de sentir.


( texto em construção, dependendo de revisão  e aguardando continuação )

6 comentários:

oimpressionista disse...

Sra. D. Urtigão, andou lendo Philip Pullman?

Angela disse...

Passando para conhecer o blog, e ficando
bj

Dona Sra. Urtigão disse...

Bem vinda, Angela. Amigo oimpressionista, não, não lembro de ter lido esse, mas fui ao Mestre da Informações e definitivamente não li, só que fiquei querendo ler. Para entender sua pergunta, a ligação que voce fez.

oimpressionista disse...

Tem estes, que são mais juvenis, mas achei muito legais: http://oimpressionista.wordpress.com/2012/05/04/his-dark-materials-fronteiras-do-universo/

Tem também "O Bom Jesus e o Infame Cristo", mais curto e mais morno, apesar do título.

Mas não há necessidade de lê-los se não houver oportunidade propícia. Mencionei apenas porque seu texto tem um tom de questionamento bem próximo ao desse autor.

Tomara que o antispam não segure meu comentário por causa do link.

myra disse...

SIM; Tania...

myra disse...

sim,Tania!

Seguidores