MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

terça-feira, 7 de setembro de 2010

"Muita força p'ra pouco dinheiro"

Algumas coisas aconteceram depois que voltei para casa esta semana. Passei 24 hs nem sei onde. Saber, eu sei.
Vejamos como começou:
Eu tinha chegado em casa e cada vez mais sinto-me em casa aqui. Poucas vezes em minha vida eu tive "casa", sempre me senti de passagem, em casas coletivas de família grande, onde os multiplos interesses prevaleceram em detrimento aos meus. Aqui ainda não é diferente, são várias mulheres de várias fases da vida, convivendo, mas, por alguma razão é o mais próximo que posso referir deste sentimento do "estar em casa" que já experimentei.
Embora seja uma área bem urbana é uma cidade turística, grande parte das casas é desocupada a maior parte do ano. Acordo com uma infinidade de passarinhos cantando, nas janelas, nos telhados, banqueteando-se em mamõeiros, mangueiras, romãzeiras, daqui, do meu pátio calçado, de onde surgem os troncos por buracos na ardósia e dos meus vizinhos.
Cheguei a noite, fiquei contemplando com prazer minha existencia, cumpri funções básicas, dormi, comi, mas quando percebi, passaram-se 24 hs de vida em contemplação.

Ou, eu estava tão cansada pelas tres semanas de bastante tensão pelos problemas do carro que...mas isso é mentira, porque aproveitei tanto meus tempos de espera de peças e contratempos que foi como férias.

O título deste texto é o nome de uma música no blog do Duarte, duartenovale - amigo daqui de muito tempo - do tempo relativo daqui - e que fui visitar com calma hoje.

Nessas duas semanas que passei "fora" aproveitei para criar dois outros blogs, específicos, gosto de andar pelas outras partes da casa.
Convido-os para :
patios cozinhas e quintais

Quando passei na Amazonia, minha atenção foi intensamente despertada pela organização das cozinhas. Desejei ainda lá fazer um ensaio fotográfico sobre as cozinhas que vi, mas não foi possível, meu tempo estava dedicado a outras funções, mas o projeto está de pé, contatos feitos, ainda será concretizado. Enquanto isso, vou observando algumas que visito, por aqui mesmo, no Sudeste.

4 comentários:

Beatriz disse...

Ótimo título!
Sobre cozinhas..só passo para comer rs Mas gosto de ver assim como todo o resto de uma casa. Minha mãe então.. adora! O sonho dela é uma cozinha americana (isso porque ela destesta cozinhar!) e sempre diz que deveria ser corretora..

Pimenta disse...

Bom, muito bom!No meu conceito, as almas das casas..
bjo, vou lá!

duarte disse...

Olá.
a música e letra é do sergio godinho.
Interessante às vezes darmos por nós, envolvidos e dedicados de corpo e alma sem espera de algum retorno... mas a sensação de vazio é sempre inevitável, e a fúria só é contentada com as pequenas coisas banais que a vida tem para oferecer. Não chega dir-me-hão, mas mais vale pouco, que nada.
E obrigado pela referencia.
Abraço Grande do Vale(onde tb cantam passarinhos...)

Dona Sra. Urtigão disse...

Beatriz, Pimenta, Duarte,
fico feliz com a visita, meus amigos são aqueles que comigo ou não, chegam, entram e estando a vontade circulam pela minha casa.Até onde eu durmo
http://www.ondedurmo.blogspot.com/
Um abraço

Seguidores