MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

domingo, 26 de setembro de 2010

silêncio

Muitas coisas que gostaria de conversar com voces perco pelo caminho, as idéias voam rápidas, saem pela janela do carro, são roubadas pelo vento. Ou será que o vento é que é autor das idéias e ao passar por mim apenas as capturo temporàriamente?
Outras questões aparecem com a água do banho, perpassam minha mente e dissolvem-se, descem pelo ralo, sem que eu consiga refletir verdadeiramente.  Como digo sempre, precisaria ruminar...
Dessas, algumas voltam em alguns momentos, misturam-se a outras surgidas em outros momentos e viram palavras no papel. Ou aqui, neste "meio".
Estou agora em trânsito como sempre, num pouso temporário, buscando idéias perdidas ( recusando-me a tirar o acento das idéias) tentando reconectar-me com algum momento daqueles momentos que sei que foram especiais e que sei que estão aí, em algum canto de minha memória.

7 comentários:

Beatriz disse...

Gostei!
As vezes penso sozinha (as vezes? seempre) e aí quando me dou conta, por já ter dito tudo, o conteúdo saiu e foi embora.. e ficou a vaga lembrança do que tinha pensado. rs

São disse...

Nada se perde , tudo se transforma.
De algum modo, querida amiga, as suas ideias acabam por ser transmitidas...embora não exactamente como as pensou.

Um abraço grande.

disse...

Um dia, quando eu crescer, quero ser igual a você: sempre em transito com os pensamentos soltos pelas estradas!!!
rs

Quanto a minha arquiinimiga barata, vc me alertou para uma catastrofe!!! A familia dela deve ser imensa e pode querer vingança.... MEDA!!!
rsrsrs

Beijosss

mariza disse...

ah, madame, eu bem queria saber me expressar dessa maneira bonita em relação às minhas idéias fugitivas.

beijo, beijo.

Nilson Barcelli disse...

O voar das ideias acontece a todos...
Uma das coisas que resulta é forçar as ideias. Para encontrar histórias antigas, por exemplo, basta lembrar um objecto ou uma coisa. Então, as situações vão aparecendo, porque a nossa memória associa os assuntos a coisas... caso das músicas...
Beijos, querida amiga.

MARCOS DHOTTA disse...

Idéias e fatos o vento leva mesmo... Ele não espera por ninguém meu bem. Beijos carissima.

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

Seguidores