MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sábado, 3 de setembro de 2011

Insonia



Aqui estou, como se dizia no meu tempo, virada. Porque virei a noite. Ou será que a forma correta seria dizer-se "varada"  por ter passado a noite em claro ?  Mas neste pais enorme de uma(?) lingua, frequentemente as palavras ou expressões vão tomando sentidos diferentes conforme a região, conforme a intensidade de migração interna, conforme a cultura dos grupos que fazem uso da determinada expressão, adaptando-as às condições particulares. Muitas vezes encontro as canções de roda e outras da infância, com palavras diferentes das que eu cantava e ensinei a meus filhos. Porque os folcloristas e cantadores, conforme vão recolhendo essas musicas o fazem a partir de sua perspectiva e a do informante. Ou seja, uma ciranda-cirandinha, do sudeste  ou do nordeste terá suas rimas levemente modificadas.
Por que perco o sono e me perco em pensamentos requentados, repensados, aprisionada pelas lições que não aprendi.?
Porque fiquei ansiosa, questões que o fim de semana prometem. Ou não, porque frequentemente não durmo, mesmo numa quarta feira. Porque ficar em casa gera angustia, imaginando o que poderia fazer se pudesse seguir em frente, mas fico, aprisionada também em compromissos que assumi, mais do que isso em gratidão pelo bem que recebi.. Pre-ocupações, por antecipação ou por estarem previamente assumidas, enquanto a vida nos une. Meus anjos  peludos de quatro patas.
São horas já de assumir as necessidades do dia, que já está alto e eu ainda aqui pensando em ir, finalmente, dormir.
Mas o que fazer, se o problema verdadeiro, o que agita e descontrola as funções básicas, esse não tem solução, pois não depende de mim. são outras escolhas, infelizes certamente, e que afetam as mães.

5 comentários:

São disse...

A insónia é qualquer coisa de dramático!

A mim, por vezes, custa-me mais do que a solidão.

Um abraço fraterno, Amiga

myra disse...

"São horas já de assumir as necessidades do dia, que já está alto e eu ainda aqui pensando em ir, finalmente, dormir"

eu tambem, minha querida:)))A vida è complicada e sem poder dormir, pior ainda!
beijosssssss

O Árabe disse...

Uma boa noite de insônia é simplesmente terrível, amiga. Felizmente, para mim elas são raras! :) Boa semana, fica bem.

Rubinho Osório disse...

Imagino tua aflição e espero que vc encontre, senão a solução, pelo menos um paliativo para suas agruras cotidianas e noturnas.
Durma bem!

Flor disse...

Puxa! Como a vida é ? - deixo a interrogação, senhora Urtigão, pq nao encontro mesmo a palvra.
Acordei as duas da manha hoje e cansada de dar tratos a bola na cama levantei me e vim para ca. Postei no meu blog - Insonia - e fiquei por la, lendo textos antigos até que encontrei um comentario seu, lembrei que gosto muito do seu blog e vim aqui, passear. Que surpresa encontrar o post INSONIA. !!!
Se quiser ler, passa por la!

Beijos

Seguidores