MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Esclarecimento

Comunismo não é stalinismo. Aquilo é um desvio,  aos modos do capitalismo. Privilégios para alguns.  Penso em comunismo como penso em família, os recursos igualmente distribuídos. Não imagino uma família onde se escolha o mais capacitado para ter melhores oportunidades. Todos são igualmente amados, cuidados  respeitadas suas diferenças,  e a todos, os pais concedem alimentação, estudos e bens materiais dentro dos recursos disponíveis.  Imagine um  molde de familia neo-liberal, onde se destinem os recursos apenas aos que se destacam , ou que tem aparentemente (e visto superficialmente) , mais condições, sem que seja permitido a escolha, a tentativa  aos demais. Lembro-me do que estudei de tempos feudais e outros mais modernos, onde porem o modelo era o mesmo, onde ao mais velho varão era concedida toda a herança, terras, etc, restando aos demais o clero - com seu dote exigido, e a carreira militar.  Evoluímos saindo desse modelo que entendo como injusto. Espero que um dia a sociedade também consiga sair desse modelo cruel, excludente.

.

4 comentários:

São disse...

O comunismo , na sua essência, é uma excelente ideia. Como sempre, quem a aplica estraga demasiado...

Mas as razões para se ser comunista(coisa que não sou) estão aí todas.

Um bom final de semana, Amiga

ricardo garopaba blauth disse...

pouco ajuda sei
mas concordo
com tudo que disseste
nesta e anterior cronica
mas que fazer
ha que aguardar
prazo de validade
um dia vencerá
até lá...........

Rubinho Osório disse...

Falta-nos uma experiência séria com o anarquismo para avalia-lo, comparando-o com o capEtalismo neoliberal e o (fracassado) comunismo.

myra disse...

estou completamente de acordo com voce!!!
beijos

Seguidores