MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Questão

Analisar este silogismo.Válido ou inválido? Falso ou verdadeiro? esqueci-me das regras. tM , tm... distribuição... aiaiai, vou ter que reestudar. Muitas coisa não deveriam ser deletadas jamais de nossas memórias. Caminharíamos mais ràpidamente.

Tudo que é bom dá trabalho
Gosto do que é bom
logo, gosto do trabalho



PS: Esta questão da memória, post futuro.

11 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

a principio deve ser falso pois sinto que não gosto mais do trabalho (nenhum), pois estou gostando das coisas fáceis mas gosto cada vez mais do que classifico como bom.

Anônimo disse...

válido o raciocínio não é não... lembra das regras (além da intuição?) - este silogismo ter QUATRO termos, e só pode ter 3... a questão da verdade é bem outra! e aqui ela não se coloca... quer cursar regras do silogismo válido pela net? qual sua moeda?

Dona Sra. Urtigão disse...

tudo que é bom / de / tudo que é bom - 1 termo

dá/ trabalho / trabalho -2º termo

eu gosto / eu gosto - 3º termo

Putz, não achei o 4º termo, será o verbo dar ?
sou mesmo uma "anta" lógica, ou antilógica ou ilógica...
Bem, silogismos posso recorrer as velhas anotações, já quanto a ser lógica, penso que só recorrendo à metempsicose.

Quanto a moeda, caro Anonimo, uma velha aposentada no Brasil não dispoe de moedas, só contas a pagar (hshshs). Mas agradeço mesmo assim pois irei aos livros para tentar identificar o 4ºtermo e principalmente relembrar as regras. Um abraço, volte se tiver paciência.

Frodo Mafmello disse...

ah, tenta o diagrama de Venn! Transforme a estrutura AAA (3 universais) em AII (premissa maior universal e outra particular afirm. com conclusão seguindo a mais fraca). Aí dá certo e o bichinho silogístico fica válido e existencialmente confortável.

Dona Sra. Urtigão disse...

Frodo
mas vou ter que reestudar, o que certamente sera útil e até prático pois a L-2 esta como pedra em meu caminho.
Agradecida pela visita e pela solução-explicação.
E a vesícula, foi ou fica ?

Anônimo disse...

por acaso tem CINCO termos. vi mal. conta de novo conta... bota na forma padrão bota! não é válido não. e não chama verdadeiro/falso a um argumento, NUM PODE... logo logo eu volto, caso a sra. não tenha ainda entendido. abraço.

Anônimo disse...

Todas AS COISAS BOAS - 1º termo
DÃO TRABALHO / ou O QUE DÁ TRABALHO/ QUE È TRABALHOSO -
2ºtermo
EU - 3ºtermo, GOSTO DE COISAS BOAS -4ºtermo, GOSTO DO TRABALHO - 5ºtermo... é que o termo/conceito AQUILO QUE DÁ TRABALHO não é o mesmo que o termo/conceito GOSTAR DO TRABALHO, bem como uma coisa é COISAS BOAS e outra é GOSTAR DE COISAS BOAS... entendeu? este negócio da lógica e do pensar certinho direitinho tem lá as suas coisas "meio doidas", né não? e a partir do momento em que encontra mais do que termos num silogismo essa coisa do termo maior, menor e médio vai pó béléléu! maluco isso! rss

Anônimo disse...

Mais Claro Ainda_
SE todas as coisas boas são coisas que dão trabalho (2 termos) e SE
eu sou apreciador de coisas boas (2 termos), ENTÃO eu sou apreciador do trabalho (1 termo novo). Junta 2 com 2 e 1 e tem os CINCO termos, quando só pode existir 3. Por isso é conveniente colocar os argumentos na tal forma padrão, para desfazer confusões. mas me ilumina, se estou errado. brigado aí. adoro esse negócio. super interessante seu blog. voltarei sempre.

Anônimo disse...

Se todas as regras são chatas
se a lógica é regras
logo, a çógica é chata

o argumento é válido, mas não podemos avaliar da verdade LOGO da primeira premissa... por isso que a vida não é só lógica, mas ajuda!

Anônimo disse...

correção: não é cógica ...rssrssr mas sim lógica! erroa na tecla. :)

Anônimo disse...

princípio básico do pensamento lógico - da identidade - todas as proposições e termos Têm que ser idênticos a si mesmos. aliás, um mesmo termo quando empregue em sentidos diferentes, coloca o problema pois constitui 2 termos diferentes, corresponde a 2 conceitos diferentes. EX.margarida (flor) e margarida (nome próprio).

Seguidores