MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Uma igreja aprisionada ,



pensando ser livre


.

9 comentários:

angelo alfonsin disse...

Essa igreja somos nós, aprisonados pensando em ser livres.
Blog muito interessante, fotos e textos.
Volte sempre, a casa é sua.

Dona Sra. Urtigão disse...

Angelo,
sua inteligencia óbvia em seus textos poéticos, aliada a um humor fino, ironia mordaz, me deixa insegura quanto ao seu comentário.
De qualquer forma, agradecida pela visita e volte a vontade.

samuel disse...

O tal de Cristo, fundador desta Igreja, partindo desta fotografia, uma bela parábola...
Não seria certamente muito simpática.

Abreijos

Dona Sra. Urtigão disse...

Samuel,
pois é, o Cristo que foi feito prisioneiro de um cristianismo inventado, contrario ao que ele teria pregado, que envolveria a liberdade,igualdade, ihrc, lema da rev franc, que tambem não foi atingido. ÔhÔH! Estamos, enquanto civilização, sempre em contradição entre ideologias e práticas - demasiadamante humanos -e agora a tal da igreja imperial romana (é mais ou menos este nome?) cerca-se com arames, vigilancias eletronicas, guardas, para se proteger dos humanos, ops,cristãos, seus irmãos-rebanho.

Rubinho Osório disse...

Quatro dias sem passar por aqui, e vejo várias "besteiras" cativantes postadas.
Teu silogismo sobre "gostar de trabalhar" me lembrou uma frase "lógica que vou postar no meu blog. Em tua homenagem.

Dona Sra. Urtigão disse...

Rubinho,
agradecida pela visita e pelo estímulo para estudo da lógica.

O Árabe disse...

Mas assim não são todas? :) Porque a verdade é que as regras que criamos buscam impor limites até ao verdadeiro Eu, onde reside a nossa fé. :)
Boa semana, amanhã estarei respondendo à sua pergunta sobre o livro, lá no oásis. Grato pelo interesse!

Oliver Pickwick disse...

É mesmo, dona Sra. Urtigão, isolaram a igreja. Acaso um complô de evangélicos? De judeus? De umbandistas? Ou, uma seita de adeptos dos deuses antigos? ;)
Um beijo!

Dona Sra. Urtigão disse...

A O Arabe,
muito honrada com sua visita. Concordo plenamente com o que dizes aqui. E lá, palavras que a muito foram esquecidas e que são necessárias a Vida

Oliver, ser visitada por um escritor talentoso é ótimo .
Ou a propria Igreja, com medo das desigualdades que contribuiu para produzir ?
Abraço !

Seguidores