MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quarta-feira, 25 de março de 2009

Confusão

IR e VIRPARTIR ou CHEGAR
DEIXAR e ENCONTRAR
Quase que não consigo distinguir mais os significados dessas palavras, de tal forma que uma se encontra imbricada à outra.



.

8 comentários:

Rubinho Osório disse...

Tenho viajado tanto nos últimos dias que sei bem o que vc quer dizer...

Beatriz Fig disse...

Não sei se o post corresponde bem ao que vou falar, mas vou 'falar" assi memso. As vezes a cabeça dá um nó! Uma confusão que dá vontade de pegar a cabeça e colocar longe por um tempo.
hehehe

Como sempre, adoro as fotos!

Beatriz disse...

Ah.. sobre os cães, eu não liguei. Fiquei meio na dúvida mas coloquei no blog porque assim eu pude mandar o link para algumas pessoas de SP para que elas divulgassem e tal.. Não obtive respostas delas.

Obrigada pelo comentário! Concordo com vc.

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

SEEEEEEEENDO..........
BJS!

Selena Sartorelo disse...

Poís é,
Tanto dito em tão pouco.
Nossa a vontade é escrever muito, mas deixemos para o pensamento esse prazer.

beijos,
Selena

Dona Sra. Urtigão disse...

Pois é, amigos, e ja estou indo novamente, agora para o interior e logo direto para o litoral. As vezes penso que estou cansada, mas extraio da memória as diversas possibilidades de coisas boas que vou encontrando, convenço-me que quatro horas, pouco mais ou pouco menos não são nada na conta da existência, e sigo em frente, atendendo aos filhos.
(Só não estou conseguindo encaixar a volta ao trabalho, necessidade financeira absoluta, agora)
Abraços.

oimpressionista disse...

Quando cada origem é também despedida, e cada chegada é também reencontro, feliz de quem pode ser de muitos lugares e não de um só, viajante e morador ao mesmo tempo em todos eles.

Dona Sra. Urtigão disse...

amigoimpressionista
relendo Aristóteles, um dia desses em espera em estacionamento, compreendi quando diz que só se pode dizer de um "homem" que é feliz, quando de sua morte e até tempos depois, porque durante, são muitos fatores que podem mudar tudo. Cheguei agora ao lugar de meu pc e cães, viagem com chuva, diversos acidentes, um deles deve ter matado um inocente, que via-se que saiu alem do acostamento e mesmo assim foi atingido pela traseira de um caminhão que rodara na curva. Sempre penso em como seria mais fácil e seguro se todos morassem próximos,fácil para todos, pois esses deslocamentos ocorrem tambem com eles, entre eles.
Mas posso afirmar que, apesar de tudo, da dor nas costas,da ansiedade e seus sintomas(alguns), mesmo assim estou sentindo-me feliz com e por tudo que superei e atingi.Mesmo quando alguma das adolescentes apronta. (O saldo é amplamente favorável).
(Risada) Passo de Aristóteles diretamente para a pós modernidade, ao ocorrer-me a lembrança de que me tornei rizoma, não tenho raiz fixada em um ponto, mas interconexões.
Um abraço!
Em desabafo.

Seguidores