MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sexta-feira, 4 de julho de 2008

O Profeta Gentileza




..............................................( DÊ UM CLICK NO TÍTULO, E VÁ AO MUSEU VIRTUAL DO GENTILEZA )

9 comentários:

Sir Fart disse...

Prezada colega Urtigão, passei a esta hora só para sugerir que tresler o nome de seu blogue pode indicar uma frase que se inicia por um vocativo muito usado nas décadas de 60 e 70: bicho. Em seguida, viria a adjetivá-la (à Sra.) um aposto explicativo: dama. Finalmente, uma interjeição interrogativa: tá?
Assim, o bicho da mata pode estar a esconder uma conclusão que - imaginemos - a dois leitores mais atentos, afeiçoados à linguagem da época mencionada, ficaria assim: Bicho!, dama, tá? Uma dama que se esconde atrás de um apelido.
Ut puto.
Abraços fortes.

Dona Sra. Urtigão disse...

Sir,
Embora seu raciocínio demonstre algo escasso na maioria dos seres humanos ou seja uma capacidade de análise de algo sob as diversas formas possíveis, pensar desta forma, ou melhor concluir isto traz sim uma aproximação de uma realidade ( embora não intencional, consciente) de que sou uma velha hippie, porem dama não já que nunca fiz parte de uma elite, sempre tendo laborado a nível de ações e remuneração quase compatíveis com proletariado (embora com terceiro grau e lato senso) e nem exerci atividades de mulher-dama. A questão não trata de nenhuma figura de linguagem ou nada parecido, simplesmente reflete as condições de desejo de realização da existencia, ( e reflete a forma que vem sendo vivida), já que as atitudes dos seres ditos racionais, em geral me afastam do desejo e vontade de interação em qualquer nível. Vejo muito mais harmonia em ambientes ou ecosistemas livres de ações antrópicas. Mas isso está ficando extenso e excessivamente pessoal. Portanto, não pense dquela forma, pois embora muito interessante, não tem correspondencia com os fatos tal como os vejo, exceto para demonstrar o brilhantismo de sua mente.
Um abraço, (benzadeus, pois poucas vezes sinto inveja de uma mente)

Sir Fart disse...

Cara colega Urtigão, o que me faz admirá-la é o seu poder de perscrutação. Quem faz fichas de anamnese como as suas, não é alguém que devamos temer, senão querer por perto. O seu olhar atento nos flagra em erro e acerto, põe-nos em dúvida, e tudo isso não é atributo de um bicho da mata. Não foi intencional? Ora, o Marcelão que nos diga o que são as parapraxias ou atos falhos. Feliz de quem reconheça, sob a fantasia bem urdida (inteligentemente urdida, melhor ainda) de um simples Urtigão, uma dama (um coração que ama a natureza, os filhos, os netos) de intelecto avantajado e questionamentos que os seres-humanos todos deveríamos ter.
Dama, na melhor e mais nobre acepção da palavra.
Abraços!

Dona Sra. Urtigão disse...

Sir,
desculpe-me por não publicar seu ultimo comentário, pois há um certo exagero nas suas afirmações. Porem sentindo-me lisonjeada pela sua atenção e considerações deixei-o salvo em anotações pessoais.
Agradecida.

Sir Fart disse...

Não há por que pedir desculpas, colega Urtigão. É seu, faça dele o que bem entender. Minha opinião é sincera. Atrás dos rótulos há as pessoas, e a Sra. eu admiro (i) porque não se prende a rótulos e (ii) por ser uma grande pessoa.
Abraços!

Dona Sra. Urtigão disse...

Oh! Sir!
Agradecida pelo seu exagero, afinal quem não gosta de ter o ego afagado?

O Impressionista disse...

Agradecido por multiplicar a página em homenagem ao Gentileza. Seu blog é muito bonito.

Dona Sra. Urtigão disse...

Ao impressionista
Só agora que percebo que deveria ter pedido autorização, mas fiquei tão encantada com o seu trabalho que só pensei em divulgá-lo. Espero que me perdoe e consinta na permanencia dele aqui tambem. O Gentileza fez parte da minha juventude. Diàriamente eu atravessava a av Brasil no local onde êle ficava, para poder ir à aula.

O Impressionista disse...

O único que poderia desautorizar seria o próprio Gentileza que, eu acredito, não o faria. De mihha parte fico feliz que mais gente se interesse pelas palavras de Gentileza, neste mundo onde faz tanta falta...

Seguidores