MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Estou mudando meu pH

Quem me conhece, bem ou pouco, já sabe que há muito, muito tempo não como carnes vermelhas, carnes brancas ocasionalmente, com preferência para peixes, que evito doces, não adoço sucos, prefiro mel a açucar, uso cereais integrais, não fumo nem tomo bebidas alcoólicas, mas sou adicta de Coca-cola. Há bem mais de trinta anos, quando iniciei uma vida profissional que me levava à privação do sono e por não suportar café, necessitando de uma cafeína, ou estimulante, descobri a cocacola. Não consegui parar nem grávida e, com filhos pequenos, levava as garrafas escondidas, como bêbado leva a cachaça embrulhada em jornal. E nem precisa(va) estar gelada.
Sei dos malefícios. E ainda por cima, me sentindo culpada por questões ideológicas. Vício é vício. Só que, recentemente ao tomar pela primeira vez na frente de meu neto mais velho, que acha que Coca cola é shoyu, pela cor do liquido e vermelhos no rótulo, percebi a gravidade de meu comportamento. Mais grave do que saber que na minha idade a severidade da perda de massa óssea, já visível na fragilidade das unhas, é grande, notem bem, eu não bebo água, são mais de dois litros de coca-cola dia, o que impede até uma alimentação correta, pois afeta o apetite, foi a vergonha de ver o Gabriel perguntando se eu bebia isso e insistindo com a mãe em beber shoyu da garrafa.
Parei. Há uma semana. Estou em casa, com dores de cabeça, abstinência da cafeína, que ocorre sempre que tento parar ou nos dias que passo na casa deles, os netos. Dores musculares, parece que o corpo está enrigecendo. Dores intensas. Não consigo dormir a noite, pelas dores e pelos inumeros cochilos durante o dia. Sonolência constante. Mas vou conseguir. Um dia de cada vez, não é este o lema?
Sinto falta de grupos de suporte.
Mudando o ph? Minhas células viviam imersas em conteúdo excessivamente ácido, afinal em uma pesquisa passada soube que o pH da cocacola é de 2.1 ou 1.7 mais ácido que o acido clorídrico.
Se eu sobreviver a esta readaptação física (hshshshs), vai ser bom demais.

12 comentários:

Gaspar de Jesus disse...

Olá DONA
Passei para lhe desejar um bom dia.
Vamos lá LEVANTAR ESSE ASTRAL...!!!
BJS
G.J.

Selena Sartorelo disse...

Então...acho que não vai nem mais querer falar comigo..sem problemas eu entenderei...depois do que vou contar não acho que sou uma boa companhia nem virtual...gosto do que é certo e do que não é também.
Sei dos benefícios de uma alimentação saudável e natural...mas não consigo.
Gosto de carne,sangrando então nem me fale...salada todas e se possível sem temperos.
Peixe adoro os crús...não enjoô de jeito nenhum,tomo muito suco, mas coca-cola também, álias refrigerantes vários, prefiro a coca-cola.Antes bebia muita cerveja, cachaça todas..hoje já não muito, um vinho de vez em quando, um chopp vez ou outra, mas se disser que não bebo, mentiria prá você.
Como massa, doce, não como mais por não gostar muito, em compensação café sou viciada e de preferência bem doce.
Não falei tudo..eu fumo, e fumo prá cáraca...tenho dois filhos isso pesa abeça, mas meu ph..será que ainda tenho algum.
Não terei uma história muito longa, pena! O pior é ter consciência disso. Sinto os prejuizos que tudo isso me causa, mas não sou muito brilhante..quem sabe um dia eu faça que nem o Jarbas Vasconcelos e depois de 43 e anos fale o que realmente acho de tudo e faça a coisa certa...ants tarde do que nunca né.
beijos, e desculpe o desabafo, mas gosto de ler seus textos e não posso ser apenas uma coisa, concordo com tudo o que diz, apenas não faço igual.

Dona Sra. Urtigão disse...

Gaspar,
o astral é alto, dificil é manter o corporal em condições. hehehe

Selena,
cada um em seu caminho, o que importa é que respeitemos nossas convicções e a questão maior é essa, eu acredito mas não pratico. E um viva às diferenças !

ROSÁLIA LERNER disse...

Estou te dando a maior força, vai dar certo pois a atitude é positiva,
esta osteoporose gosta de senhoras...da nossa idade.
Forte você é, o duro é atravessar ponte da "mudança de ph" .
Muito carinhosamente Rosália

Nilson Barcelli disse...

Claro que vai sobreviver cara amiga.
Beba água sempre que lhe der o apetite da coca...
O meu problema é idêntico, mas com cigarros... só que nunca tentei deixar...
Bom resto de semana, beijos.

duarte disse...

OLÁ dona sra , estou novamente com net...tive um diferendo com a operadora, está resolvido.
Tocou num assunto , que eu até já abordei com corpo e alma...
Experimentei tudo!(menos a homosexualidade,que não cola com a minha forma de estar)
E quando digo experimentar, foi mesmo anos a fio , com consequências para a saúde(não muito graves).
E após uma decisão , deixei tudo(menos o sexo , que continua viciante)... não fumo(fumava dois maços por dia), não tomo café(eram 5 por dia), não bebo qualquer tipo de estimulante, não fumo liamba(já fumei muita),não fumo heroina(tb já fumei muita), não fumo cocaina(tb muita eu consumi),não bebo alcool(era um copofonista dos bons),não sinto falta nenhuma de todos esses vícios e não me arrependo de nada.
não precisei de grupos de apoio, apenas me concentrei nas outras coisas que tb gostava e gosto de fazer: tocar viola , cantar , ler , escrevinhar ,fazer teatro,brincar com a minha filha,amar , conversar, pintar,etc.
como vê ,ainda conservo muitos vícios...que mais dia menos dia terei de deixar.
vivi a vida a 200 à hora, e agora apenas vivo saboreando alongadamente cada pedaço de felicidade.
abraço do vale

Mikas disse...

Eu estou viciada em caféeeeeee hj nao bebi e passei o dia mole, ensonada, não me conseguia concentrar muito bem. Mas também não foi por causa disso que fui beber!! Aguentei e pronto. Hehe bijous

Dona Sra. Urtigão disse...

Rosalia,
com certeza posso interromper o processo, apesar do dano feito estar feito. Nossa remodelagem óssea, nós senhoras (hihihi) não é mais tão rápida ou eficaz, mas a esperança sustenta o mundo, né?

Nilson,
até que água nem é tão ruim. No início faltam algumas sensações, o doce, as bolhas de gas, o efeito estimulante, mas certamente vou conseguir.
Quanto ao cigarro, meu jovem, que tal aproveitar e parar. Vamos constituir um grupo de apoio, "blogueiros contra os proprios vícios" ( hshshs)

Duarte,
que bom que voce só experimentou coisas e não se tornou adicto. E agradecida pela força.

Mikas
controle-se, controle-se, ainda é tempo. Eu uso cocacola a mais tempo que voce tem de vida nesta vida.

A todos, abraços e agradeço pela força.
É sério, estou(estava) me destruindo e passo o dia pensando em cocacolacocacolacocacola. Mas isso está mudando.

Oliver Pickwick disse...

Abstinência de carnes vermelhas, brancas... Humm... agora compreendo o "impacto" e a sua reação ao meu último texto. Além do mais, fiz aquela referência ao seu tio, o Urtigão. E, como se não bastasse, ainda acusou-me de helenizar. Gosto da civilização grega clássica, devemos muito a este povo, contudo, se pudesse escolher uma civilização para viver, seria a dos antigos persas. Como vê, um modelo oriental, por sinal, chamado de bárbaro pelos helenos.
Querida amiga, o seu blog é um dos meus favoritos, sobretudo pela sinceridade que passa nos seus textos, por algumas "tiradas" engraçadas e outras desconcertantes para muitos. Aprecio o seu estilo.
Teiquirisi, não me leve muito a sério, apenas escrevi um texto de humor. Além do mais, nenhuma causa e nem ninguém são intocáveis.
Descobri uma coisa, como viciada em Coca-cola jamais poderia ser uma cinéfila alternativa. ;)
Um beijo, e, é claro, amigos para sempre!

P.S.: se não se importa em saber, gosto do Donald e do Peninha. :)

Dona Sra. Urtigão disse...

Oliver,
eu sei que é um texto de humor, mas...
Um abraço!
E eu tambem gosto do Peninha e do Donald e da turma toda.

Rubinho Osório disse...

Caraca! Mal chego de férias e encontro vc enfrentando um desafio desses!!!!
Sou tão diferente de vc... mas uma coca-cola de garrafinha, bem geladinha é do outro mundo!!!!
Mantenha-se firme, equilibrada. Tua longevidade será meu lucro. Torço por vc.
Um sincero abraço

Dona Sra. Urtigão disse...

Rubinho,
nem preciso daquela " espero que as férias...
blablabla" porque sei que foram superboas superférias. E espero que esteja dando conta de matar a curiosidade do que seus amigos andaram escrevendo. Fico muito envaidecida de ter chegado rápido assim ao meu sítio.
Bem, vida longa não sei, já estou corroida em ácidos e sei lá quais outras substancias aquela delícia contem, mas preciso de autocontrole para não fazer mal a meus netos. Isso é importante de verdade.
Abraço.

Seguidores