MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

domingo, 14 de dezembro de 2008

Movimento



Quisera ficar tranqüila ante as adversidades.
Se eu tivesse essa fé inabalável...
Quisera a certeza do bem após as tormentas.
Se não houvesse a certeza nos danos que restam...
Quisera acreditar que o bem sempre vence.
Se eu não visse o mal se propagando...
Quisera não ter duras provas a enfrentar.
Se soubesse escolher os melhores caminhos...
Quisera que o sofrimento fosse ficção
Se eu não intuisse que é...

.

4 comentários:

Rubinho Osório disse...

A resposta é uma só: teimosia.
Precisamos ser teimosos e não arredar pé, mesmo que os fatos se nos apresentem tão perniciosos. Não há razão para sermos felizes. Devemos se-lo por teimosia!!!
(Um bom exemplo de teimoso você pode ler no profeta Habacuque, capítulo 3, versículos 17 e 18)

Danitza disse...

Olá Dona Sra.!
Esse seu/meu reflexo futuro me mete medo.

Abraços

Dona Sra. Urtigão disse...

Rubinho,
sem duvida, trouxestes a resposta. Só a teimosia me mantem de pé.
Abraço.

Danitza
medo ? Esse é de fato nosso inimigo.
Se estamos vivendo...

Marcelo Henrique Marques de Souza disse...

Mas aí entro com uma pequena provocação, minha cara amiga: o "Bem" volta-e-meia vence... seu problema é que não é transparente, como o é o Mal...

Seguidores