MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Confesso...


...que não sou muito coerente. Afinal, tenho por regra moral não ferir, mesmo que sejam os meus. Então como toda família - leia- se tambem a minha, filhos e suas familias - contam com um natal, pois senão seriam quase uma aberração, já que este é o modelo de sociedade em que vivemos, sinto-me na obrigação de proporcionar-lhes uma festa, para que não fique muito dificil a justificativa a seus amigos ou colegas do trabalho e da vida, a condição a-natalina.
Mas como acontece, talvez até devido a minhas expectativas, o tal pensamento negativo, coisas estranhas acontecem, como este ano, a torneira da pia da cozinha quebrou e a água corria sem parar, às 22hs, òbviamente sem encanadores disponíveis e o registro geral fica no meio da mata aos fundos da casa onde tem a caixa-d'água, e com a casa cheia de gente, inclusive bebês, sem água... Por sorte ou previdencia, eu tinha, guardada, uma torneira que pôde substituir provisòriamente aquela. Beeeeem provisória, já que o ângulo do encanamento com esta torneira faz com que a água saia sobre a borda posterior da pia e não na cuba. ( Imaginem o drama da troca de torneira, em plena "festa") Mas tenho água nos banheiros. Isso sem contar que, de dia, enquanto eu tentava uma faxina básica, o aspirador de pó parou de aspirar e a máquina de pressão para lavar exteriores -note, tenho 11 cães, tambem parou de funcionar. Sem tecnologias, limpezas "no braço". Para aqueles que acreditam em sinais do astral... Ou culpa de uma casa muito antiga e alugada onde qualquer reparo necessita negociação com a imobiliária que determina como e por quem deve ser feito e eu, aposentada.($ ?) . Ou será castigo do Papai Noel ? Ou castigo de ... Sei lá.

Bem, uma cadelinha cocker entrou no cio e um macho enorme quebrou as "restrições ao convívio" e... Poucas consequencias já que ele é vasectomizado, mas a gritaria canina.... Putz. Desde ontem... E hoje provisòriamente ele está preso em corrente até que se disponibilize solução "permanente". ( Uivando e chorando ) ( Eu tenho vizinhos próximos, na lateral da casa ) E se eu deixo este solto, quem grita é a fêmea. Eu sei. Cada êrro traz enormes consequências. Quem manda achar que podia acolher cães negligenciados. Arrogancia, né de se achar "boazinha".
Ah ! O mouse parou de arrastar. Só arrasta quando quer. Adquiriu vontade própria.
Então, Feliz Natal porque a vida é isso. Provisória.

PS: Todo ano juro que será a ultima vez. Mas este ano, foi !

4 comentários:

Rubinho Osório disse...

Ah, amiga!!! Eu não devia estar aqui, mas não resisto a enviar-lhe este link, torcendo pra que vc encontre um tempinho pra abrir e ouvir esta canção de natal - diferente, asseguro - que tem muito a ver com o que temos "conversado" sobre o natal. Vá lá, e depois me diga:
http://www.baciadasalmas.com/2008/o-dia-mais-banal/#more-1746

Danitza disse...

Ah! Encontrei alguém para compartilhar... Ganhei uma gripe para última semana do ano, graças ao entupimento da pia da cozinha. Sem contar a água de todos os apartamentos acima de mim descendo na minha cozinha; a síndica despertando a ira que tanto guardo e a desentupidora que nunca chega nestes dias.
Mas no final, família reunida e muitos espirros.
Confesso que eu só queria a minha cama.

Abraços Dona Sra. e desejo de todas as coisas em seu devidos lugares, breve, breve.

Dona Sra. Urtigão disse...

Rubinho,
não star aqui, porque ?
Quanto ao Brabo, recebo em e-mail suas postagens, que me fazem pensar muuuito.
Boa passagem de ano ( embora eu ainda pense sobre ano novo: chines, judeu, hindu...

Danitza,
desejo que sua gripe se vá...Pois a minha permanece, e eu não havia dito que iniciei a véspera como um ser obstruido em vias aéreas porque pareceria demais, fora da verdade,considerando tudo o mais daquele dia...
Abraço,coragem e a vida apesar de tudo, vale a pena...Pois me parece que os devidos lugares são as condições que desenvolvemos para desatar nós...

Rubinho Osório disse...

É que eu devia estar com a família, na sala, conversando... mas não resisti!!! Como agora, por ex!!!

Seguidores