MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

natal

Enquanto voltava para casa(?) vim pensando na resposta ao que me perguntaram, sobre o que eu gostaria de ganhar de natal. Bem, quero ganhar TOLERÂNCIA. Que EU consiga ser tolerante com os desgraçados. Com a desgraça dos injustos, dos egoistas, dos arrogantes, dos pretenciosos, com os intolerantes...comigo mesma... E que caso a tolerância que eu venha a ganhar este ano seja pequena, que eu ganhe mais um pouco no próximo ano. ( E que me lembre de não surfar muito pelas ondas dos blogs nos proximos dezembros.)
E gostaria de DAR a todos e a mim mesma AMOR INCONDICIONAL, muito.

.

7 comentários:

Armando Maynard disse...

Um dos exercícios práticos para a tolerância é quando provocado contar até dez, sim, pois rompantes de indignação as vezes nos faz reagir com excesso, trazendo rescentimentos e arrependimentos. O exercício da tolerância (dentro dos limites é claro), nos torna mais democrata e respeitoso para ser respeitado.O que não podemos ser é tolerantes com as injustiças sociais e os cinismos de muitos políticos.Um abraço, Armando - feitichedecinefilo.blogspot.com(recomentarios.blogspot.com)

Dona Sra. Urtigão disse...

Bem, Armando, no meu caso, não sou dada (mais, há muito tempo ) a rompantes. A questão é que passei a ABOMINAR seres humanos ao vivo. Afasto-me. Isolo-me, cada vez mais.

Nilson Barcelli disse...

Mas eu desejo-te um Natal com TUDO de bom.
E o 2009 também.
Beijinhos cara amiga.

Dona Sra. Urtigão disse...

Nilson, e eu te desejo toda uma vida de felicidades e realizações.

Marcelo Henrique Marques de Souza disse...

Dona Urtigão, passando pra desejar um feliz natal, apesar do natal.

Abraços

ROSÁLIA LERNER disse...

Oi U.
Fiquei feliz de saber que LA TRAVIATA te deixou um bom resíduo na alma , estas estórias muitas vezes repetidas, como Óperas, contos de Fadas,Fábulas e "Papais Noéis", nos servem muito para nos vermos ao longo da vida , como cada audição das mesmas nos encontram em um ponto NOVO , e ao ouvirmos daqui a um minuto já não somos os mesmos.
As lembranças são vivências!!!
...ao longo das últimas postagens você discorreu sobre o FELIZ NATAL, decodificou sábiamente, eu te desejo o melhor que pode conter esta expressão !!
Com amor

Dona Sra. Urtigão disse...

Marcelo,
apesar de protestar reinteradamente, cumpro minhas obrigações familiares e sociais, ou seja, preparo ceia (tropical) compro lembrancinhas ( modestas ), recebo todos que chegarem. Mas tambem faço um pouco de outras coisas como tentar suavizar um pouco natais de outros...

Rosalia, agradecida, pela musica e pela tolerancia com esta bichodamata...

Abraços a todos que aqui estiveram

Seguidores