MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

A velhinha radical (1)



Aqui estou após outra ida e vinda.

Motivos:
i) Levar as duas filhas mais novas e uma sobrinha para prestar exame vestibular em uma Universidade do interior de Minas
ii) levar um armário que a filha mais velha comprou para as crianças, na mesma fábrica do berço - etc, daqui, para lá, onde ela mora mas não está ! ( Fui até lá e sem brincar com os netos )

Meio de transporte: 4x4 emprestada de um filho, pick up, único veiculo que chegaria ao destino com tôda essa chuva, levando o armário.

Contra motivos:
i) os netos não estão lá ( Nem a filha e o genro)
ii) Previsão de CHUVA NAS ESTRADAS
iii) Mautoristas de festas/ férias. ( perigo - perigo )
iii b) Não sei dirigir 4x4

Odisséia:
Amarra-se o tal armário, envolto em duas camadas de lona plastica e lá vou eu. Conforme previsto, chuva constante durante todo o percurso ( e permanencia). Alarga o tempo habitual da viagem.
Chegando à cidade, aciono plano B e levo as meninas para uma republica estudantil no centro da cidade, pois o plano A envolve pernoite na zona rural e... não sei as condições das bucólicas estradinhas. ( Depois concluo ser sábia esta decisão)
Tomo o rumo dos mais ou menos 10 (dez) quilometros em estrada de terra, melhor dizendo, lamaçal na terra, com espaços onde a água resolveu transformar em seu caminho (ou será que os humanos é que fizeram as estradas nos caminhos da água?), com valetas laterais bastante alargadas pela força da chuva/torrente, que dura dias ou semanas.
Boto na tração, engato primeira e vou. Tensa porque alguem me havia dito que era melhor "reduzida com terceira", na lama (2))
E o carrinho ops carrão vai. Dança, atravessa para a esquerda, e logo vira para a direita e ufa, para a frente. E novamente. E outra vez. Braços e antebraços se atrapalham com os cotovelos, onde a mão consegue finalizar todos esses movimentos e intenções alem de respeitar a soberania do cérebro ( que acho que desconectou-se e só deixou a parte de instintos funcionando)
Ai, se este armário cai...Vou ter que trazer outro, tudo de novo, além da frustração da supermamãe ela, minha filha, que gosta de tudo certinho, direitinho, bonitinho...( a semelhança com a mãe dela, eu, é quase que só na aparencia, como sou destrambelhada!)
Subo, desço, atravesso, desatravesso, pulo sobre valas ( o carro é que pula e eu pulo lá dentro ). Cheguei. A Salvo, com o carro sem danos aparentes ( lembrem-se, é emprestado), e com o armário direitinho onde foi fixado. Molhado.
Bem, conseguir quem desamarrasse e descesse o dito cujo, foi relativamente fácil, com ajuda do genro pelo telefone que acionou amigos da região que não haviam viajado para as festas.
No dia seguinte seria preciso sair daqui, é necessario, a supermãe eu, que mais parece avó das meninas, à porta de saida da prova, consolar quem acha que se deu mal ou comemorar moderadamente com que acha que se deu bem, mas braços abertos em pós stress, convenhamos, é fundamental.
Chove FORTE a noite tôda, mas não tenho o armário na caçamba, mais equilíbrio, menos lastro. Puxa, continuo a desejar "moeda de um lado só". Tudo é bom e ruim, verso e anverso, avesso do avesso...
Fui, derrapando escorregando ladeira abaixo, e ladeira acima, mais adiante. Valões e valetas, pedras soltas. Cheguei.
Mesmo esquema para o dia seguinte, plano B funcionou bem, imagine, tres urbanas mocinhas estressadas com provas, em "rallye na roça" ?
Tudenovo ! Ida e vinda. PalmitalcentrodacidadePalmital. Começo a gostar da adrenalina.
Ê tremdanadebão, sô ! Sem culpas pois não estava me divertindo "off road" gastando combustível à toa. Estava trabalhando para o bem de alguem.
Tem mais coisa p'ra levar ? Tem ?


(1)para quem não leu " sou mais velha do que sou "
(2) Quem sabe me dizer se é melhor "reduzida com terceira" ou tração nas quatro com primeira?

Galeria fotográfica
As mais interessantes não puderam ser feitas, pois se eu parasse, ficaria parada até o sol...

Bem no comecinho da estrada ( Sabe, aquela foto de abertura do blog ? É do mesmo lugar)


Um pasto(?) as margens da estrada de rodagem


Estradinhas





PS: Este carro, ao contrario do meu, tem sistema de som. Voces conhecem aquelas musicas que a meninada gosta ? Na viagem de ida e de volta. MP3...

(André, agradecida pelo carro , voce mais uma vez proporcionou-me maravilhas materiais.)
( Agradeço a voces todos, na verdade, meus filhos, pois só sou que sou por voces serem quem são)

12 comentários:

duarte disse...

venho dar-lhe um abraço do vale , e desejar-lhe um bom 2009.
E veja lá se tem cuidado com as "aventuras".
de trás-os-montes tudo de bom.

Dona Sra. Urtigão disse...

Duarte do Vale,
que as pessoas consigam fazer mudanças que realmente sejam mudanças e que beneficiem as gentes e as coisas.

Danitza disse...

ê coisa boa!

Rubinho Osório disse...

Ô "velhinha", tome cuidado queesse negócio de adrenalina, vicia!!!
'Inda mais com um sonzão como trilha sonora e o carrão na trilha de barro... Cuidado!!! Vicia!!!

Dona Sra. Urtigão disse...

Danitza,
e mesmo bãodemasss.

Rubinho
Pior que vicia , já estou assim, quero mais, quero mais...debatendo-me com minha consciencia ecológica...será que tenho creditos de carbono ? E o $, sera que peço financiamento aos filhos ? ( ficando sem vergonha, mais uma caracteristica de vicio)

Renato Maluf disse...

Colega, até brincando você filosofa; ou será que é filosofando que você brinca deliciosamente?
Moedas... todas tem "reverse" & "obverse". A César o que é de César, a deus o que é de deus, a ninguém o que é 'res nullius', e a nós as alegrias, o "ecce quam bonus" familiares.
Abraços fortes, daqui

Dona Sra. Urtigão disse...

Renato,
eu brincando ? Filosofando ?
Estou apenas vivendo !

Renato Maluf disse...

Brincar, filosofar, viver... eis aí um novo tríptico para Domenico di Masi pensar, não?
Ora, ora, ora, é nossa velha amiga Danitza, por aqui?
Abraços

Dona Sra. Urtigão disse...

Por que o Domenico ? Ele já é dono do Ócio. Para o Renato pensar, escrever, "ensaiar" e a Tania aplaudir, ler, regozijar-se.

Danitza disse...

Nossa Dona Sra. está energia pura.
Muito bom!!! Cheiro de 2009 novo de verdade.

Pois é Renato, vi você lá no Trossan, deixei recado e fiquei muito feliz por quase "ver" você de novo por aqui.
Apareça no Pedaço, que ora desmantela, ora é construído.

Ops... Desculpe-me Dona Sra. Quase tomei conta do espaço.

Abraços em todos e prontinha para o 2009.

Danitza disse...

Rápida correção: Onde leram "Trossan" é Tossan, perdão.

Dona Sra. Urtigão disse...

Danitza, o espaço é seu, é nosso, aberto a que quiser utilizá-lo ( com respeito, né que sou velhinha...hshshs...

Seguidores