MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Quarto:

Eu preciso de Sol. Não basta a luz filtrada por nuvens. Preciso do brilho da luz do sol, do calor dos raios em minha pele. Só assim faço fotossíntese. Sou uma planta específica, diferente de todas.
Vou acabar indo para Maceió. Lá tem Sol.( Eu vi nas fotos de ontem e anteontem da minha sobrinha!)( INVEJA!)

2 comentários:

paula barros disse...

Se for para Macéio, aparece em REcife se der tempo. Avisa.

Um poema belíssimo.

abraços

Dona Sra. Urtigão disse...

Paula, esta em meus planos, tenho lá irmão, sobrinhos, cunhada ( sua xará) mas estou prisioneira de excesso de bur(r)ocracias para resolução de alguns problemas e ao final ficarei restrita por falta de $$$.
Mas sou bicho-teimoso e vou. Aviso.
Abraço!

Seguidores