MOSTRANDO

SÓ PARA LEMBRAR, QUE ALGUMAS VEZES ESTOU POSTANDO NOS OUTROS ESPAÇOS DO SÍTIO, DAQUI. OU ESTOU ISOLADA EM ALGUM SÍTIO DE CÁ, FORA DO MUNDO BLOGAL.


Tenho postado AQUI ou AQUI

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Viagens


Acabo de voltar de um longo passeio a casas virtuais desta esfera de existencia imaterial, espelho das outras. Em algumas comentei/conversei. Em outras fiquei atras de portas e janelas, apenas olhando, apreciando, deleitando-me com o que aprendia. Este deleite, em alguns casos foi na verdade revolta ou desprezo ou ainda indignação, mas o fato é que foram despertados, creio, todas as emoções que ainda sou capaz de sentir.
Cheguei com vontade (desejo) de agradecer a todos que se expoem e apresentam algo de suas experiências.
A alguns colegas e amigos deste mundo para-real devo coisas importantes, como o debate sobre o perdão, que me fez avançar em difíceis questões pessoais e voces não imaginam o quanto foram relevantes. A outros devo acréscimos em compreensão de problemas factuais e outros ainda, vêm acrescentando beleza a minha vida. Vou manter-me sem citar exemplos, pois algum esquecimento me acarretaria uma culpa sem perdão.(hshshs)
Enfim,
AGRADECIDA A TODOS VOCES

2 comentários:

Rubinho Osório disse...

"Caríssima amiga: não, a carapuça não era para você!!! Em verdade, para você fiz a postagem anterior, espero que você tenha lido!
Só uma sugestão sobre teu comentário aqui: O Brabo postou um texto - o capítulo 50 da série "Nasce um homem" - que toca na sua questão de modo melhor do que eu poderia explicar. Recomendo a leitura."
(colei aqui a resposta ao teu comentário no meu blog, porque queria muito que vc soubesse que não foi pra vc que escrevi aquele post; pra vc foi o anterior!).
Obrigado por partilhar tanta coisa boa, profunda, bonita e séria com estranhos como eu!!!!

Dona Sra. Urtigão disse...

Rubinho, a carapuça não era específica, mas serviu-me. E bem vestida permitiu-me abusar do seu espaço para tentar algo a mais no meu aprendizado.Agradeço, tambem.
Abraço.

Seguidores